Representante das Filipinas vence o Miss Universo 2018

Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018 às 11:52

Catriona Gray, 24, das Filipinas foi a grande vencedora da edição de 2018 do Miss Universo, que aconteceu na Tailândia na noite deste domingo (16/12). Com um belo vestido vermelho, a musa disse que sua mãe teria sonhado com o momento em que seria coroada e, em tal sonho, vermelho seria a cor que a mais nova miss estaria usando.

Em segundo e terceiro lugar ficaram as modelos da África do Sul e Venezuela, respectivamente. Mayra Dias, amazonense que representava o Brasil, ficou entre as 20 finalistas do concurso. Vale ressaltar que a modelo trans, Angela Ponce, também não chegou a ficar entre as finalistas. Catriona recebeu sua tão desejada coroa da modelo sul-africana Demi-Leigh Nel-Peters, vencedora do concurso no ano passado, em 2017. Parabéns!

BANGCOC (Thomson Reuters Foundation) – Como muitas outras participantes do concurso Miss Universo, Angela Ponce cresceu assistindo ao espetáculo glamoroso na televisão e sonhando em um dia representar seu país.Neste ano, seu sonho se realizou, com Angela entrando para a história como a primeira candidata transgênero nos 66 anos do evento.

“As mulheres trans vêm sendo perseguidas e apagadas há muito tempo. Estou mostrando que as mulheres trans podem ser o que quiserem”, disse Angela, que foi eleita Miss Espanha no início deste ano.

“Tenho orgulho de ter a oportunidade de usar esta plataforma para uma mensagem de inclusão, tolerância e respeito pela comunidade LGBT+”, disse durante entrevista em Bangcoc, onde a final será realizada no dia 17 de dezembro.

A Organização Miss Universo, responsável pelo concurso de beleza, acabou com uma proibição a candidatas transgênero em 2012.

FONTE: YAHOO

ouça ao vivo

estúdio ao vivo